Emserh reconhece funcionários por melhores iniciativas no atendimento à população

Profissionais da Emserh receberem premiação na noite da última sexta-feira (5). Foto: Julyane Galvão

A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), responsável pela gestão de 70% das unidades da Secretaria de Estado da Saúde (SES), reuniu profissionais da empresa para receberam merecido reconhecimento pelo esforço empreendido em 2017 no atendimento à população. A cerimônia foi realizada, na sexta-feira (5), no auditório do Palácio Henrique de La Roque, no Calhau, em São Luís.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destacou a importância de o serviço público marcar a vida da população com histórias e experiências exitosas durante o atendimento. Segundo ele, o protagonismo do servidor público, bem como a necessidade de dar apoio a esses funcionários, é essencial para ofertar um serviço público de qualidade.

“É o excelente trabalho realizado por cada servidor que vai nos permitir proporcionar uma experiência inesquecível para as pessoas que são atendidas em cada uma das nossas unidades da rede de saúde”, afirmou Carlos Lula.

A Analista de Gente do Setor de Desenvolvimento, Keully Bianne Menezes Sousa, recebeu o reconhecimento na categoria Núcleo de Gestão e Gente. “Minha palavra é apenas de gratidão por ter sido tão bem acolhida na equipe quando entrei na Emserh. Hoje, por ter recebido esse reconhecimento, só demonstra que temos um time maravilhoso, o mais competente em que já estive”, declarou.

Participaram do evento o presidente interino da Emserh, Vanderley Ramos, assim como os diretores Rodrigo Lopes, Lúcio Reis, Graziella Nunes e Etheana Trajano. “O Prêmio Ser Mais Emserh tem uma importância muito grande na estrutura do nosso trabalho, porque ele visa dar um reconhecimento especial aos servidores que se destacaram durante o ano de 2017. É uma forma simbólica para agradecer todo empenho das equipes que formam a Emserh e com isso estimular o empenho e a dedicação dos servidores em trabalhar pela saúde do povo maranhense”, afirmou Vanderley Ramos, presidente interino da Emserh.