‘Caravana Governo de Todos’ realizou mais de mil atendimentos de saúde na região do Munim

Mais de mil atendimentos de saúde foram registrados em dois dias da 4ª ‘Caravana Governo de Todos’, realizada em cinco municípios da região do Munim: Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Axixá, Morros e Icatu.

Testes rápidos, vacinas e orientações bucais foram os serviços mais procurados nas tendas de saúde. Foram 930 testes rápidos realizados na faixa etária de 18 a 70 anos, 230 imunizações e 1.216 kits de saúde bucal distribuídos com escova dental, pasta e fio dental e, ainda, 510 atendimentos referentes a aferição de pressão e teste de glicemia. Outra ação bastante procurada foi a Carreta da Mulher Maranhense com a realização 350 exames preventivos nos municípios de Icatu e Cachoeira Grande.

“A cada edição da ‘Caravana Governo de Todos’, o quantitativo de atendimentos é superado. O Governo comemora a realização com sucesso de ações com esta, que garantem com eficiência assistência às populações em cada região do estado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. Kits de higiene bucal

A procura por orientações de higiene bucal, consultas e kits se destacou na ação ocorrida nos cinco municípios em que a “Caravana Governo de Todos” passou. Crianças e idosos buscaram o serviço. A aposentada Maria Madalena Rocha levou a neta para ganhar o kit e aprender a escovar os dentes. “Antes, cuidar dos dentes era algo de gente chique e um serviço caro. Agora, com ações odontológicas como esta, é fácil prevenir as doenças dentais e conservar o sorriso da população”, afirmou a moradora de Axixá, que também utilizou o serviço de teste rápido e aferição de pressão.

Mutirão ortopédico em Morros

Além da 4ª edição ‘Caravana Governo de Todos’, o Hospital Regional de Morros, realizou um mutirão de consultas ortopédicas. Cinquenta consultas ocorreram na unidade de saúde. Entre as principais queixas dos pacientes avaliados, sinais e sintomas de origem ósseo-muscular e articular.

O coordenador de Enfermagem do hospital, Paulo Vinicius Coelho, disse que a maior procura pelas consultas foi dos idosos. “O público idoso contabilizou mais da metade das consultas. A realização do mutirão desafogou a demanda diária da especialidade. Além de conversar com o médico, o paciente fazia de imediato exame de raio-x, e nos casos de necessidade de imobilização de algum membro, o procedimento foi feito também na hora dentro do consultório”, explicou Paulo Vinicius.